Quem sou eu

Minha foto
"Pior do que uma mulher que fala o que pensa, é uma que escreve..." (Tati Bernardi)

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Tradutor de minha alma..




Acabou. Devo admitir que acabou, todo o encanto, toda a prosa, todo o cortejo e a poesia.
O inesquecível se rendeu ao tempo.O coração dilacerado e sofrido,encontrou alento, encontrou cuidado...reencontrou o amor.E hoje tudo não passou de uma história, que mais parece hoje, ter sido ficção. Percebo que posso respirar. Que sobrevivi. Me encontro hoje em outros braços. Um sorriso que me trás paz. Me alimenta, me aquece. Encontrei nele a ternura e o amor que nunca tive. A atenção que pensei ser impossível. O cuidado que antes era negado, hoje vivo rodeada dele. Poderia eu passar todas as tardes a escrever inúmeros textos. Procuraria no dicionário a perfeita tradução pra pessoa que me faz viver todas os dias. Mas ainda assim impossível, indecifrável sentimento.
Já vi fadas, ouvir falar de querubins, serafins. Até de 'deuses' fabulosos, com suas histórias. Já tive um anjo ao meu lado. No entanto, descobri que todos eram fantasias, projeções da minha mente. Nada, nenhum deles, sob hipótese alguma poderiam chegar perto do que você é pra mim hoje. Não existe significado certo ao sentimento que tenho quando encontro seus olhos. Quando ficamos parados, por minutos um olhando pro outro e sem dizer alguma palavra, a gente se entende, se conversa de se olhar. Rimos por um entender o outro. Talvez fosse seu nome:O meu mais perfeito tradutor. "Doutor" na matéria de Yasmin. Aquela que já fez "repetir de ano" tanta gente. Mas que sem perceber, aprova você em tudo o que faz. Tem a resposta certa pra cada questão da minha mente. Conhece a solução para chegar no meu denominador comum.
Você é mais que pensei. A certeza do amor verdadeiro. Que protege, cuida...Afaga. Faz feliz. Meu tradutor! Desvendador do"braile" do meu corpo. Bacharelado no que diz respeito a mim.

Eu amo você
Sei que pode sentir e entender cada batida do meu coração.

Por: Silvia Gouvea [Adaptado]

Sons que confortam




"Eram quatro da manhã quando seu pai sofreu um colapso cardíaco. Só estavam os três na casa: o pai, a mãe e ele, um garoto de 13 anos. Chamaram o médico da família. E aguardaram. E aguardaram. E aguardaram. Até que o garoto escutou um barulho lá fora. É ele que conta, hoje, adulto: Nunca na vida ouvira um som mais lindo, mais calmante, do que os pneus daquele carro amassando as folhas de outono empilhadas junto ao meio-fio.
Inesquecível, para o menino, foi ouvir o som do carro do médico se aproximando, o homem que salvaria seu pai. Na mesma hora em que li esse relato, imaginei um sem-número de sons que nos confortam. A começar pelo choro na sala de parto. Seu filho nasceu. E o mais aliviante para pais que possuem adolescentes baladeiros: o barulho da chave abrindo a fechadura da porta. Seu filho voltou.
E pode parecer mórbido para uns, masoquismo para outros, mas há quem mate a saudade assim: ouvindo pela enésima vez o recado na secretária eletrônica de alguém que já morreu.
Deixando a categoria dos sons magnânimos para a dos sons cotidianos: a voz no alto-falante do aeroporto dizendo que a aeronave já se encontra em solo e o embarque será feito dentro de poucos minutos.
O sinal, dentro do teatro, avisando que as luzes serão apagadas e o espetáculo irá começar.
O telefone tocando exatamente no horário que se espera, conforme o combinado. Até a musiquinha que antecede a chamada a cobrar pode ser bem-vinda, se for grande a ansiedade para se falar com alguém distante.
O barulho da chuva forte no meio da madrugada, quando você está no quentinho da sua cama.
Uma conversa em outro idioma na mesa ao lado da sua, provocando a falsa sensação de que você está viajando, de férias em algum lugar estrangeiro. E estando em algum lugar estrangeiro, ouvir o seu idioma natal sendo falado por alguém que passou, fazendo você lembrar que o mundo não é tão vasto assim.
O toque do interfone quando se aguarda ansiosamente a chegada do namorado. Ou mesmo a chegada da pizza.
O aviso sonoro de que entrou um torpedo no seu celular.
A sirene da fábrica anunciando o fim de mais um dia de trabalho.
O sinal da hora do recreio.
A música que você mais gosta tocando no rádio do carro. Aumente o volume.
O aplauso depois que você, nervoso, falou em público para dezenas de desconhecidos.
O primeiro eu te amo dito por quem você também começou a amar.
E o mais raro de todos: o silêncio absoluto."

Martha Medeiros

Um certo amor moderno.




Começou chamando minha atenção.
Agora está tirando meu sono.
Por quê você tem que ter aquele abraço tão gostoso?
Esse sorriso que me faz levitar?
Esse teu cheiro que me faz querer ficar agarrada em ti e nunca mais largar!?

Desculpa se te falei do passado, e dei uma certa enfâse sem querer.
Agora quero que meu passado se exploda.
Quero meu futuro agora.
Quero você! é pedir muito?
Penso que sim, mais foi-se o tempo de me satisfazer com pouco.

Engraçado a forma como se encaixa nas minhas opções de amor.
Se eu me apaixonar por você, não se surpreenda, você é totalmente apaixonante.
Literalmente.

Te imaginar do meu lado, ta virando minha rotina.
E farei de tudo que se transforme em realidade.
Quero teu sorriso, teu abraço, teu beijo só pra mim.
Do teu lado me sinto completa, encontrei finalmente a parte que falatava..
a última figurinha do album..
o último biscoito de pacote..
a coca-cola do deserto..essas giriaszinhas moderninhas de hoje.

Enfim.
Quero muito andar por aí de mão dada com a tua.
Te ligar pra dizer boa noite.
Te chamar de meu amor, todo esse básico natural..
E o mais importante, construir algo sólido que não se desmanche tao facilmente.



MagdaCastro.

domingo, 15 de agosto de 2010

É você.




Era o verão. Era aquela vontade incontrolável de sair e sentir o corpo se encharcar de vitamina D. Era a época da curtição, da pegação, de festas e de ir dormir de manhã. Mas algo estava diferente. Eu não estava programando me envolver, muito menos me apaixonar. Mas não tive como resistir ao beijo, ao calor que emanava do corpo dele, ao olhar que me deixou imune a qualquer outra pessoa e presa - somente - a ele.
Já estávamos ligados. E com ele experimentei um sentimento, talvez até o melhor de todos, pois é o que faz tudo dar certo: Reciprocidade. Eu o amo e o quero sempre comigo, e eu sinto que ele quer o mesmo, me quer também. Com ele, provei que a distância não atrapalha em nada quando se ama de verdade. Seu amor pode estar na China e você aqui, mas isso não impede que vocês fiquem juntos. Com ele sinto a paz e o amor que nunca tive. O amor que me faz acordar e ir dormir todo dia. O que torna meus dias mais felizes.
Estou sentindo uma sensação que nunca tinha sentido anteriormente - e mulher tem sexto, sétimo, oitavo sentido [...] - Sinto que dessa vez vai ser diferente. Vai dar certo. Temos tudo o que duas pessoas precisam pra ser felizes. E queremos que dê certo. Precisamos disso. Obrigada pelo bem que tens me feito. Me trouxestes de volta a vida.
Lhe amo.

Yasmin Pípolos.

Nada é por acaso,




"Tudo na nossa vida acontece sempre da melhor maneira possível."


A nossa vida dá muitas voltas. E as vezes nem temos tempo de pensar em tudo o que vivemos. Todas as situações, amores e desilusões que já enfrentamos. Hoje por exemplo, muitos de nós estão passando por situações que jamais esperariam passar. O que antes nem passava pela sua cabeça acontecer, aconteceu. E hoje, você já não vive mais sem isso.
As vezes nos perguntamos: Por que não conheci ele antes? Por que só ficamos juntos agora se já nos conhecíamos a 3 anos? Por que ele só apareceu agora? E depois de refletir muito a respeito disso, tirei uma inusitada conclusão: NADA é por acaso.
Quem sabe se a 1 ano atrás isso acontecesse..
Ele aparecesse e dissesse que te amava, e fizesse por você tudo o que faz hoje. Você acha que estaria madura o suficiente para se permitir sentir o mesmo por ele? Talvez sim, talvez não. Mas uma coisa é certa: você não daria a ele o valor que dá hoje. Nesse 1 ano que passou, você passou por várias coisas, enfrentou muita barra e se tornou mais forte. Aquilo que antes parecia pra você impossível de esquecer, hoje, graças a Deus, você nem lembra mais. Hoje você sabe o que realmente conta. Sabe que atenção, cuidado e carinho são zilhões de vezes mais importantes que beleza, status e dinheiro. Sabe quem realmente se importa com você. Quem está do seu lado. Quem te ama e te quer bem. E você valoriza isso acima de tudo.
A vida não nos tira as coisas, ela nos livra delas. Tudo aquilo que você passou e sofreu te ajudou muito. Nada foi em vão. As dificuldades servem para nos ensinar e nos fazer crescer. Se aquilo que te magoou não tivesse acontecido, talvez hoje você ainda não estivesse pronta pro amor de verdade. Então não lamente por algo ter demorado pra acontecer ou por simplesmente nunca ter acontecido. Muitas vezes o que pensamos que é o melhor pra nós, nem sempre é. Se aquele seu relacionamento antigo tivesse dado certo, o seu atual, que te faz sentir a pessoa mais feliz do mundo, talvez não tivesse acontecido. Tenha fé para poder aceitar o que a vida lhe traz. Reflita e se lembre sempre: O que é pra ser nosso, será. Não importa quanto tempo demore.

Yasmin Pípolos

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Eterno




Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata!
Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência. Acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.
Fácil é ditar regras.
Difícil é segui-las. Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.
Fácil é perguntar o que deseja saber...
Difícil é estar preparado para ouvir a resposta. Ou querer entender a resposta.
Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.
Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma. Sinceramente, por inteiro.
Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.
Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém. Saber se realmente é amado. (...)
Fácil é querer ser amado.

Difícil é amar completamente só. Amar de verdade sem medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar. E aprender a dar valor a quem te ama. (...)
Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais.




(Carlos Drummond de Andrade)



Ouça um bom conselho, Que eu lhe dou de graça
Inútil dormir que a dor não passa
Espere sentado ou você se cansa. Está provado, quem espera nunca alcança
Venha, meu amigo
Deixe esse regaço, brinque com meu fogo, Venha se queimar
Faça como eu digo, faça como eu faço
Aja duas vezes antes de pensar
Corro atrás do tempo, vim de não sei onde
Devagar é que não se vai longe
Eu semeio vento na minha cidade
Vou pra rua e bebo a tempestade.


(Chico Buarque)

sexta-feira, 6 de agosto de 2010



Como alguém pode fazer tanto sentido?

quarta-feira, 4 de agosto de 2010




"Eu preciso disfarçar que não paro mais de rir, mas aí olho pra você e você também está sempre rindo. Se isso não for o motivo para a gente nascer, já não entendo mais nada desse mundo."

Tati Bernardi